Araçá

 

Nome Científico: Psidium guineensis Swartz. SinônimoS: P. Araçá, Raddi; P pumilum; P. firmum Berg, família das mirtáceas. 
Nomes Comuns: Araçaí, araçá do campo, araçá mirim; araçá do Brasil; goiaba rasteira; goiabinha. 
Origem: América Central e Sul; sendo encontrado nos principais ecossistemas do país, na Amazônia, no Cerrado e Mata Atlântica, sendo encontrado até na região Sul. Em função de sua grande dispersão, há uma grande variedade de araçás.


Da mesma família da goiaba, é mais ácida e saborosa. É utilizada na forma de sucos, sorvetes, doces, tal como a araçazada - similar à goiabada e geléias. Também fornece mel de boa qualidade. É uma fruta rica em Vitamina C, em teores maiores que a goiaba e frutas cítricas. Na medicina popular, as raízes são utilizadas como diuréticas e antidiarréicas. As folhas novas são adstringentes, utilizadas na forma e chá como anti diarréia. Os frutos são colhidos entre a primavera e o verão. Os frutos são obtidos predominantemente de forma extrativa em áreas de mata nativa, pela população local. Não há produção comercial. Desde 1999, o Sítio do Bello iniciou um cultivo comercial em pequena escala do araçá, cujas primeiras colheitas significativas ocorrerão em 2004/2005.