Camu-camu

 

Nome Científico:Myrciaria dubia Mc Vaugh, família das Mirtáceas. 
Nomes Comuns: Caçari, araçá de água.
Origem: Regiões de Várzea da Amazônia. É tão freqüente em certas regiões que chega a ser nome de bairro em Roraima (Caçari).


É consumida ao natural e na forma de sucos, doces, licores, batidas, sorvetes, bolos, cremes, geléias. Porém, seu principal atrativo é o alto teor de Vitamina C, sendo o fruto com o maior teor que se conhece. Pode chegar a ter 5 g de Vitamina C para cada 100g de fruta. Como comparativo, a acerola tem em média 2 g/100 g de fruto e a laranja tem entre 0,05 e 0,125 g/100g de fruto. Essa propriedade gerou interesse de países como Estados Unidos, França e Japão para produção de tabletes de Vitamina C, com apelo natural. Pesquisas estão sendo feitas no Peru para sua utilização industrial. É também rico em ferro (10 vezes mais que a laranja), vitamina B1 (niacina) (3 vezes mais que a laranja), vitamina B2 (riboflavina) (2 vezes mais que a laranja), fósforo (50% mais que a laranja). Os frutos são colhidos entre a primavera e o verão. Os frutos são obtidos predominantemente de forma extrativa em áreas de mata nativa, pela população local.